Você está aqui: Desbravadores > Constituição dos Desbravadores
 
os desbravadores
como se tornar desbravador
história | cronologia
história | mundo
história | América do Sul
história | Brasil
história | camporis
história | classes
história | especialidades
objetivos
filosofia
constiruição
emblemas
ideais
hino
regulamento de uniformes
links nacionais
links internacionais
 

Clique sobre o ítem do seu interesse:
Artigos da Constituição

artigo I - nome
artigo II - propósito
artigo III - organização
artigo IV - eleição dos oficiais e membros associados
artigo V - deveres dos diretores e associados
artigo VI - comissões
artigo VII - quórum
artigo VIII - reuniões
artigo IX - qualidades de um membro
artigo X - unidades de clubes
artigo XI - funções do clube
artigo XII - praxes
artigo XIII - emendas

Deveres dos Oficiais e Docentes

diretor do clube
diretores associados
secretário
tesoureiro
capelão
conselheiro
conselheiro associado
instrutor
capitão de unidade
secretário de unidade
diretor administrativo
regional
membros da comissão
membros do clube
-------------------------------------------------------------------------------------------------

Artigo I
Nome

O programa do ministério integral aos jovens de 10 a 15 anos de idade dentro da Igreja Adventista do Sétimo Dia é patrocinado pelo Departamento Ministérios da Igreja e chamado de Clube dos Desbravadores.

voltar ao topo

Artigo II
Propósito

Os objetivos do Clube dos Desbravadores são:

1.| Trabalhar para uma entrega pessoal de cada desbravador ao senhor.

2.| Providenciar a realização de um programa atrativo centralizado na Igreja.

3.| Interessar os pais e os jovens mais velhos na participação em organizar as atividades da igreja para sua juventude.

4.| Encorajar os desbravadores a descobrirem o seu próprio potencial que Deus lhe deu a serviço de outros.

5.| Imprimir um desenvolvimento harmonioso da vida física, social, intelectual e espiritual dos desbravadores.

6.| Dar oportunidades ao desenvolvimento de habilidades de liderança.

7.| Providenciar através do estudo da natureza uma apreciação do estudo de Deus.

voltar ao topo

Artigo III
Organização

O líder dos jovens da Associação local é o diretor de todas as atividades dos desbravadores conduzidos dentro da área da Associação. Seu conselho deve ser solicitado sobre qualquer atividade do clube. Quando planejar uma ocorrência maior, ele deveria ser avisado a ser convidado a participar.

Em áreas regionais um coordenador regional deve ser apontado pela Associação para trabalhar junto com o diretor dos jovens da Associação, que é o responsável diretamente.

Na igreja local onde há o Clube dos Desbravadores dos juvenis e adolescentes o diretor administrativo deve agir como coordenador e representá-los na comissão da igreja local.

O diretor do clube deve ser um adulto que esteja interessado nos jovens e que compreenda as necessidades das crianças e dos jovens. Quando possível, deveria ser pelo menos um líder ou ter assistido o curso de treino para oficiais dos desbravadores.

Deveria ser um pesquisador, entusiasta e um bom membro, em situação regular com as normas da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Todas as atividades do clube estarão debaixo da supervisão de cada diretor de clube e ele deve convocar, organizar e arranjar cada reunião do clube.

voltar ao topo

Artigo IV
Eleição dos oficiais e membros associados

Seção 1
Os oficiais dos clubes são diretores administrativos (onde há clubes de juvenis e adolescentes), um diretor de clube, 2 ou mais diretores associados, secretário e tesoureiro (estes podem ser diretores associados). Os demais oficiais incluem os conselheiros e instrutores quantos necessários.

Seção 2
O diretor administrativo e os diretores de clubes serão nomeados pela comissão de nomeações pela igreja ou igrejas que patrocinam.

Seção 3
Os diretores associados serão apontados pelos diretores e aprovados pela comissão da igreja.

Seção 4
O secretário e tesoureiro serão apontados a critério dos diretores e aprovados pela comissão da igreja.

Seção 5
Os conselheiros e instrutores são apontados e substituídos pelo diretor do clube em consulta com os diretores associados.

Seção 6
A diretoria dos desbravadores consiste de todos os nomes mencionados acima.

voltar ao topo

Artigo V
Deveres dos diretores e associados

Seção 1
O diretor administrativo é o coordenador do clube dos juvenis e adolescentes. Ele representa a igreja na organização dos desbravadores e é um membro da comissão da igreja. Coordena todas as atividades na organização dos desbravadores.

Seção 2
Diretor - Todas as atividades do clube estará debaixo de sua supervisão. O presidente das comissões será apontado pelo diretor após uma consulta com os diretores associados ou com a comissão executiva.

Seção 3
Diretores Associados - Assistirão o diretor e o substituirão durante sua ausência. Podem ser designados a cuidar dos seguintes deveres: Classes JA, secretário ou tesoureiro, jogos, acampamento, especialidade e habilidade criativas, música, equipamento dos desbravadores, natureza, capelão, transporte, eventos especiais, etc.

Seção 4
Secretário - Enviar mensalmente relatórios para o departamento JÁ da Associação. É responsável por toda correspondência do clube. Tomar nota das reuniões bem como por relatórios pessoais ou qualquer um outro necessário para um bom andamento do clube.

Seção 5
Tesoureiro - Assumirá o encargo de pagar as despesas, coletar e cuidar de todas as entradas, tais como: taxas, projetos de levantamento de dinheiro, etc. e apresentar um relatório financeiro a pedido dos diretores ou associados, e transmitirá as contas e todos fundos não distribuídos ao seu sucessor.

Ele deverá trabalhar também bem de perto e em harmonia com o tesoureiro da igreja, depositando os fundos na tesouraria da igreja.

Seção 6
Capelão - Pode ser um diretor associado ou um pastor. Assistirá o diretor em manter um tom espiritual em cada clube, conhecer o relacionamento de cada desbravador para com o Senhor e servirá nas comissões, lidando com as reuniões de culto do clube, nos acampamentos, trabalho missionário e disciplina.

voltar ao topo

Artigo VI
Comissões

Seção 1
As comissões normais do clube são:

a) Comissão de Coordenação (para as igrejas com clubes de juvenis e adolescentes
b) Comissão Executiva
c) Comissão Docente

Seção 2
A comissão de coordenação consiste do diretor administrativo, diretores de clubes, diretores associados, pastor, secretário, tesoureiro e capelão. A Comissão cujo diretor administrativo é o presidente, é responsável por todas as atividades dos Desbravadores.

Seção 3
A comissão executiva consiste do diretor do clube, diretores associados, pastor, secretário, tesoureiro e capelão. A comissão, cujo diretor é o presidente, e responsável por todas as atividades dos desbravadores.

Seção 4
A comissão docente consiste da comissão executiva, os conselheiros e os instrutores. Os capitães de unidade podem ser convidados para se reunir com essa comissão.

voltar ao topo

Artigo VII
Quórum

Para qualquer transação de negócio por qualquer uma das comissões mencionadas, deve estar presente uma maioria dos membros da comissão.

voltar ao topo

Artigo VIII
Reuniões

Seção 1
Reuniões regulares dos desbravadores deverão ocorrer pelo menos 3 vezes por mês. O tempo e a duração destas reuniões deverá ser decidido pela comissão executiva e deverá basear-se nos seguintes modelos:

Modelo A: Esta é conduzida numa seção de no mínimo 2 horas com cerimônia de abertura e encerramento, marcha, jogos, curriculum e artes manuais tudo num programa integrado.

Modelo B: É um programa de 2 horas no mínimo, porém, conduzidos em 2 segmentos separados:

Segmento 1 - 30 minutos à 1 hora de desbravadores no sábado, desenvolvendo companheirismo e curriculum.

Segmento 2 - 1 hora e meia de desbravadores, no domingo incluindo marcha, jogos, curriculum, artes manuais e cerimônias de abertura e encerramento.

Seção 2
A comissão docente deverá se reunir i vez por mês de acordo com a notificação.

Seção 3
A comissão executiva deverá ocorrer pelo menos trimestralmente.

Seção 4
O programa anual do clube dos desbravadores deverá incluir os requerimentos estabelecidos pelo sistema de pontos do clube pelo departamento dos jovens pela Associação local.

voltar ao topo

Artigo IX
Qualidades de um membro

Seção 1
Os membros da organização dos desbravadores juvenis serão restritos aos alunos da 5º série (ou o seu equivalente para cima).

Seção 2
Os membros da organização dos desbravadores adolescentes, serão restritos aos alunos da 8º série (ou seu equivalente para cima).

Seção 3
Serão membros quando preencherem as seguintes especificações:

a. Aceitação da matrícula.
b. Pagamento da taxa de membros.
c. Uniforme completo.
d. Disposição em aceitar os princípios do Voto e da Lei.
e. Boa vontade em participar em todas as atividades dos desbravadores.
f. Passar um período inicial de aspirante.

Seção 4
O jovem não adventista que se conformar com os requerimentos acima expostos, podem ser aceitos como membros.

Seção 5
A matrícula de novos membros no clube dos desbravadores será no começo de cada trimestre ou 3 ou 4 vezes marcadas durante o ano.

Seção 6
Deverá ser marcada a presença em todos os programas dos desbravadores.

Seção 7
Os desbravadores deveriam ter uma presença média de pelo menos 80% em todas as atividades dos desbravadores.

Seção 8
Todas as ausências justificadas deverão ser apresentadas por escrito pelos pais ou responsável e submetida ao diretor do clube.

Seção 9
Qualquer membro que tem 2 ausências injustificadas em qualquer um dos trimestres, será colocado na lista de suspensão.

Seção 10
Qualquer membro colocado em suspensão condicional pode ser reintegrado pagando a taxa de matrícula novamente, como decidido pela comissão executiva.

Seção 11
A presença dos membros suspensos em eventos especiais não será permitida.

voltar ao topo

Artigo X
Unidades de Clubes

Seção 1
Meninos e meninas são organizados em unidades de preferência de 5 a 8 desbravadores, com 1 conselheiro como seu líder. Esta divisão de unidades menores permite melhor ordem e disciplina, e pode-se dar mais atenção individual a cada um de seus membros. Meninos e meninas devem ser arrolados em unidades separadas.

Seção 2
Oficiais de Unidades:

a. Capitão de Unidade - Cada unidade dentro do clube com o seu conselheiro, seleciona um de seus membros para ser seu capitão. O capitão é responsável pela sua unidade e deverá liderá-la na pontualidade e cooperação em todas as atividades do clube. Ele deve dar um bom exemplo de conduta durante todo o tempo. Sugere-se que os capitães de unidade sejam escolhidos em cada 4 ou 6 meses para dar mais oportunidades aos membros do clube para desenvolverem liderança.

b. Secretário de Unidade - Cada unidade dentro do clube, juntamente com o seu conselheiro, escolhe um de seus membros para ser seu secretário. Este oficial da unidade dos juvenis ou adolescentes será responsável em relatar a presença dos membros de sua unidade ao secretário do clube. Sugere-se que os secretários sejam escolhidos em cada 4 ou 6 meses para dar uma oportunidade a outros membros do clube para o desenvolvimento de liderança.

Seção 3
Uniforme:

a. Uniforme de Gala - O uniforme oficial dos desbravadores será recomendado pela DSA para todos os diretivos e membros do clube, e que deverá ser vestido apenas em reuniões do clube ou outras ocasiões programadas pelo Diretor do clube.

b. Uniforme de Atividades - Este é recomendado pela Associação para cada membro do clube e será usado em todas as atividades dos desbravadores estabelecidos pelo diretor do clube.

voltar ao topo

Artigo XI
Funções do Clube

Seção 1
A taxa de membro anual, semanal, mensal ou trimestral é estabelecida pela comissão executiva e pagável quando se preenche a matrícula com o secretário. Esta taxa deverá ser desenvolvida se a matricula não for aceita.

Seção 2
A reintegração de membro deverá ser feita com o pagamento da taxa de rematrícula, a qual é determinada pela comissão executiva.

Seção 3
Uma taxa de seguro anual, individual, deverá se incluído na matrícula.

Seção 4
As ofertas no dia dos desbravadores é uma contribuição feita ao clube dos desbravadores local e para as suas atividades missionárias e outros projetos conforme especificado.

Seção 5
Um relatório financeiro deverá ser apresentado em toda a reunião da comissão executiva.

voltar ao topo

Artigo XII
Praxes

O clube deverá ser dirigido por praxes estabelecidas pelo departamento ministerial da igreja da Associação local dos Adventistas do Sétimo Dia.

voltar ao topo

Artigo XIII
Emendas

Esta constituição pode ser emendada por 2/3 de votos da comissão docente dos desbravadores, todavia, se torna efetiva somente depois de aprovada pela comissão da Associação.

ELEIÇÃO DOS OFICIAIS E DOCENTES

A. Comissão Exacutiva dos Desbravadores

Diretor Administrativo, Diretor e Diretores Associados - A comissão de nomeações da igreja local elege o diretor do Clube de Desbravadores e onde for necessário e Diretor Administrativo.

Devem ser membros batizados, vivendo em harmonia com as normas da igreja, de preferência ser um líder, cujo interesse e habilidade o qualifica para sete ministério. Sugere-se que ele ou ela seja convidado a participar da comissão de nomeações para escolherem os diretores associados.

O número de diretores associados dependerá do número de desbravadores no clube. Cada clube deverá ter homem como diretor associado para os meninos e uma diretora associada para as meninas.

Secretário e Tesoureiro - O diretor e os diretores associados escolherão o secretário e o tesoureiro. Uma pessoa pode cuidar destas duas posições se apropriado. Estas funções podem ser preenchidas pelos diretores associados, ou outros membros docentes podem ser solicitados para executarem estas funções.

Capelão - Todo clube necessita escolher um capelão, uma pessoa que tomará a responsabilidade de liderar os serviços especiais e os cultos, e que tomará intesse pessoal em cada desbravador e membro docente dentro do clube.

Ele ou ela pode ser um dos diretores associados, ou o pastor da igreja, pastor assistente, pastor dos jovens ou ancião da igreja, etc.

B. Comissão Docente dos Desbravadores

A comissão executiva dos desbravadores elege os membros docentes como segue:

Conselheiros - (Juvenis ou adolescentes). Os membros docentes dos desbravadores cuidam de unidades de 6 a 8 desbravadores cada e lideram nos ensinos nas classes JA.

Instrutores - São especialistas que ensinam especialidades e artes manuais ou outra qualquer área de estudo.

Capitães - Os líderes de unidade (usualmente escolhidos por voto pelos membros da unidade e ratificados pela comissão executiva dos desbravadores).

Secretários - São aqueles que se ocupam da estatística da unidade - cuidam dos relatos da unidade (usualmente escolhidos por voto pelos membros da unidade e também ratificada pela comissão executiva dos desbravadores).

voltar ao topo

 

DEVERES DOS OFICIAIS E DOCENTES

Diretor do Clube
O diretor do clube de desbravadores deve ser uma pessoa de maturidade e boa reputação da Igreja Adventista do Sétimo Dia. Deve ser um líder e ter feito o curso de Treinamento para Oficiais dos Desbravadores. Se ele não é um líder, deve-se tornar o quanto antes possível.

O êxito e a moral de qualquer clube depende muito da liderança do Diretor do Clube, e para isso ele deve ser exemplo de espiritualidade, de destreza, prontidão, firmeza, amável, e disciplinado. Deve dar o exemple em vestir regularmente o uniforme de maneira completa.

O diretor do clube deve estar vitalmente interessado em jovens e compreender com simpatia os problemas dos juvenis e dos adolescentes. Sua vida deve demonstrar o que Deus pode fazer na vida dos jovens.

Deve ser pesquisador e entusiasta, levar responsabilidade, ter avidez em reconhecer novos ideais e mostrar iniciativa em suas implementações. Deve ser hábil em trabalhar com seus docentes, assistir os conselheiros e professores que possa surgir nas Unidades ou Classes.

Seus deveres são:

1. Ser membro da comissão da igreja.

2. Manter ligação com o Pastor da igreja, dos jovens, ancião e convidá-lo para participar dos programas e eventos.

3. Manter contato com o líder dos jovens da Associação e enviar-lhe os relatórios.

4. Ser o presidente da comissão executiva dos desbravadores.

5. Presidir a reunião docente do clube, a menos que seja apontado para isto um diretor associado.

6. As atividades do clube estão debaixo de sua supervisão, devendo convocar, organizar e arranjar as reuniões do clube.

7. Liderar no planejamento total de todo o programa anual, e preparar um calendário de eventos, que será enviado a cada docente, desbravador e pais.

8. Ser responsável diante da comissão executiva em providenciar um programa completo para o clube através das seguintes atividades:

a. Tempo e lugar das reuniões.
b. Saídas Bimestrais.
c. Acampamentos.
d. Excursões ao campo e projetos de evangelização.
e. Investidura.
f. Finança, orçamento, taxas de matrículas, dívidas.
g. Disciplina.
h. Boletins e noticiários.

9. Ser responsável das reuniões docentes pelas reuniões regulares de planejamento, incluindo as seguintes atividades a assegurar que as várias comissões e pessoas são responsáveis no desempenho de suas implementações:

a. Abrir e encerrar as cerimônias.
b. Cultos.
c. Jogos e feiras.
d. Trabalho de classes, especialidades.
e. Organização de unidades, conselheiros e instrutores e seus deveres.

voltar ao topo

Diretores associados
Não há limite estabelecido quanto ao número de diretores associados. Depende muito da quantidade de desbravadores no clube. Os diretores associados devem aceitar as incumbências designadas pelo diretor e também compartilhar nas responsabilidades de liderança no clube.

Um diretor associado designado pelo diretor deverá assumir a presidência das reuniões na ausência do Diretor, ou mesmo ser o presidente das reuniões docentes a pedido do diretor.

Os diretores associados deveriam ter as mesmas excelentes qualidades de liderança esboçada pelo diretor. O alto respeito e deferência deveria ser mostrado para com o Diretor e todos deveriam trabalhar em boa harmonia um com o outro.

Áreas a serem desempenhadas pelos associados:

1. Empreendimento de classe
2. Secretaria
3. Tesouraria
4. Jogos
5. Atividades de Acampamentos
6. Especialidades e experimentos criativos
7. Música
8. Equipamento
9. Natureza
10. Capelão - culto
11. Transporte
12. Eventos especiais - bimestrais - excursões pelo campo, etc.
13. Atividades Missionárias
14. Relações Públicas

voltar ao topo

Secretário do clube
O secretário do clube de desbravadores é geralmente diretor associado, mas pode também ser escolhido dentre os membros docentes. O secretário será responsável em conservar todos os relatórios, além dos que são guardados pelo tesoureiro.

Em clubes pequenos o trabalho de secretário e tesoureiro pode ser desempenhado por um só indivíduo.

Um secretário bem organizado e eficiente pode ser de um valor inestimável para o clube de desbravadores.

Seus deveres são:

1. Supervisionar os relatórios das unidades feitos pelos secretários da unidade e transferi-los para o registro individual dos desbravadores.

2. Registrar todos os pontos e deméritos sobre uma folha de anotação permanente.

3. Colocar a lista de pontos acumulados pelas unidades num mural pelo menos uma vez por mês.

4. Manter o diretor informados dos pontos alcançados na Associação pelas realizações do clube.

5. Notificar o diretor quando um desbravador falta habitualmente (sem apresentar excusas), ou negligência em usar o uniforme.

6. Ser o responsável em conservar um mural bem atrativo, modificando freqüentemente.

7. Responsabilizar-se por todos os suprimentos e relatórios da Associação.

8. Cuidar de toda correspondência do diretor.

9. Ser o responsável pela biblioteca do clube, cuidando de todos os livros e revistas tirados pelos membros docentes e desbravadores.

voltar ao topo

Tesoureiro do clube
O tesoureiro do clube de desbravadores é geralmente um diretor associado, contudo, pode ser escolhido entre os docentes. É importante que o tesoureiro trabalhe bem achegado ao diretor do clube e do tesoureiro da igreja, colocando os dois bem informados das despersas do clube e dos fundos em reservas.

Em clubes pequenos as funções de tesoureiro e secretário podem ser levados por uma mesma pessoa, sendo um programa mais eficiente quando estão separados. O tesoureiro necessita ser um indivíduo que manuseie os fundos do clube com retidão e grande cuidado.

O ideal seria se o tesoureiro fosse escolhido tendo em vista alguém que tenha tido experiência em contabilidade.

Um tesoureiro consciencioso e de influência pode ajudar o clube a usar os seus fundos de maneira sábia. Manterá a comissão da igreja bem informada das entradas e despesas e também das necessidades do clube. Isto garantirá uma disposição mais favorável por parte da igreja em tempo de necessidade.

Seus deveres são:

1. Contabilizar todos os fundos com taxas de matrícula e de membro, dívidas, ofertas, doações, levantamento de fundos, trabalhos cobrados, etc.

2. Transferir fundos para o tesoureiro da igreja para guardar com reserva.

3. Conservar de maneira acurada as entradas e despesas, listando todas as entradas e saídas, discriminado-as brevemente e datando.

4. Guardar todos os recibos, notas e faturas de despesas arquivando-as cuidadosamente em envelopes ou pastas, mensalmente.

5. Ter os livros de contabilidade e os recibos, notas e faturas tudo pronto para inspeção e apresentação pelo diretor, tesoureiro da igreja, comissão executiva dos desbravadores ou a um pedido da comissão da igreja.

6. Desembolsar fundos quando recomendado pela comissão executiva através do diretor ou outra pessoa assinando, dando autorização e assegurando que todas as outras estão sendo prontamente cuidadas.

7. Tirar pequenas somas do fundo reserva dos desbravadores guardado com o tesoureiro da igreja.

8. Esteja pronto para levantar fundos em algum projeto e conservar um relatório acurado.

9. Manter um recorde dos itens que saíram ou entraram num projeto de levantar fundos.

10. Coletar fundos para uniformes e equipamentos.

11. Coletar taxas para acampamentos e viagens pelo campo.

12. Assegure-se de que todo fundo pedido tenha a fatura ou nota para que possa ser arquivada.

voltar ao topo

Capelão do clube
O capelão do clube desempenha uma atividade muito importante, liderando e providenciando oportunidades para o desenvolvimento espiritual, cooperação e dedicação entre os desbravadores e docentes.

O capelão deve ser um membro batizado da Igreja Adventista do Sétimo Dia, em boa harmonia com as normas da igreja onde é organizado o clube. Ele ou ela pode ser um diretor associado ou outro membro docente, ou da igreja, ou o pastor dos jovens, ou um ancião.

Ele ou ela deve ter a habilidade para organizar, bem como liderar efetivamente as atividades espirituais do clube.

Seus deveres são:

1. Deve usar uniforme.

2. Aconselhar e trabalhar bem de perto com o diretor do clube na preparação das atividades espirituais.

3. Organizar os períodos devocionais e os oradores e os grupos periódicos de oração.

4. Organizar e liderar o trabalho missionário em cooperação com o Diretor.

5. Selecionar indivíduos para fazer as orações nas reuniões e atividades do clube.

6. Arranjar as devoções, atividades da Escola Sabatina, culto de sábado e programas à tarde em acampamentos, etc.

7. Trabalhar ligado com o diretor e pastor em estabelecer o dia do desbravador, investidura e serviço de culto.

8. Agir como um conselheiro espiritual trabalhando em especial com os conselheiros de unidade.

9. Conhecer todos os membros pessoalmente dos desbravadores e docentes encorajando-os a ter um bom relacionamento com o Senhor.

10. Mostrar uma experiência cristã equilibrada participando das atividades seculares do clube.

voltar ao topo

Conselheiro de unidade
O conselheiro é o líder da unidade de 6 a 8 meninos ou meninas. Homens lideram os meninos e mulheres as meninas. Os conselheiros têm uma posição chave no clube, porque eles têm o contato mais direto com os desbravadores.

Os conselheiros são escolhidos entre os membros batizados da igreja Adventista do Sétimo Dia, onde o clube é organizado. Devem ser convertidos a cristãos dedicados. Devem estar dispostos a aprenderem, crescerem e ampliarem seus conhecimentos em artes, trabalhos manuais e natureza, para que possam ajudar a expandir o conhecimento dos membros de sua unidade, e dar um bom exemplo no espírito e conduta.

Os conselheiros devem sempre estar com sua unidade quando ela funciona como unidade dos desbravadores, a menos que um conselheiro assistente possa substituí-lo. Durante o período de classe ou outra atividade, a sua unidade fica dispersa entre vários grupos, e neste tempo eles estão sob a supervisão dos instrutores de classe.

Os conselheiros devem estar bem familiarizados com os membros de suas unidades, e participar de todas as atividades, ganhando assim a simpatia deles. Devem familiarizar-se com seus pais e as condições onde vivem. É de bom alvitre que os conselheiros planejem uma atividade fora do período do clube, com suas unidades sendo, porém, autorizado, pelo diretor do clube.

Os conselheiros devem defender as normas e princípios do clube permanentemente. Devem também, trabalhar em completa harmonia com os oficiais do clube, e dispostos a servirem a desempenhar qualquer dever quando chamado.

Seus deveres são:

1. Tomar conta e liderar ou ensinar uma unidade ou classe, trabalhando ou permanecendo com eles durante todos os programas.

2. Encorajar, ensinar e testar as atividades de classe para conseguir uma investidura de êxito.

3. Dar um bom exemplo de destreza, assistência, pontualidade, uniforme, etc.

4. Marchar e trabalhar com as unidades.

5. Desenvolver uma compreensão feliz e amizade dentro da unidade.

6. Ajudar os membros com algum problema se aparecer e manter a direção informada (respeitando a confidencialidade).

7. Encorajar a todos os membros a participar de todas as atividades.

8. Participar nos acampamentos, providenciando todos os detalhes com diretores associados e com os membros.

9. Assistir as reuniões das comissões docentes.

10. Notificar ao diretor com antecedência de sua impossibilidade de assistir a reunião do clube.

voltar ao topo

Conselheiro associado
O conselheiro associado é freqüentemente um líder (com mais de 16 anos) ou uma outra pessoa jovem que tenha concluído as classes JA, mas que deseja continuar e ajudar no clube.

Os conselheiros associados devem possuir as mesmas qualidades dos conselheiros de unidade e ter o desejo de aprender para se tornar um líder.

Seus deveres são:

1. Trabalhar sob a direção de conselheiro adulto.

2. Participar nas unidades e atividades do clube.

3. Aceitar as responsabilidades dadas pelos conselheiros.

4. Ser responsável pela unidade quando o conselheiro se ausentar.

5. Assistir as comissões docentes.

6. Dar um bom exemplo de destreza, presença, pontualidade, uniforme, etc.

7. Marchar e trabalhar com as unidades.

8. Participar nos acampamentos e saídas.

voltar ao topo

Instrutor
Instrutores são pessoas que ensinam especialidades específicas ou disciplinas como Bíblia, crescimento pessoal, trabalhos ao ar livre, especialidades e outros manuais.

Instrutores podem ser tirados do corpo docente regular do clube de desbravadores. Por outro lado, podem ser especialistas escolhidos da igreja ou comunidade para ensinar disciplinas específicas. Estes instrutores podem ou não ser membros da igreja. Devem ser considerados como docentes temporários.

Devem estudar cuidadosamente o curriculum de classe e as exigências das disciplinas, especialidades ou outras artes manuais, a ser ensinados, antes de introduzi-las nos desbravadores. Um instrutor deve trabalhar em cooperação mútua com o coordenador das classes JÁ, ou outro setor, para assegurar que as exigências dos desbravadores estão sendo cumpridas.

voltar ao topo

Capitão da unidade
O capitão da unidade é um membro escolhido pela unidade para encorajar o seu grupo a alcançar realizações e êxito dando exemplo e usando sua influência para inspirar todos os membros a fazerem o seu melhor.

O seu turno de serviço varia de uma rotação de 3 meses a 1 ano, dependendo praxe aprovada pelo corpo docente. Durante todas as atividades do clube o capitão deve vestir o seu uniforme com o distintivo indicando a sua posição.

A posição do capitão é importante e um capitão não somente deveria revelar habilidade em liderar, mas deveria demonstrar também um verdadeiro espírito cristão de compreensão e respeito.

Seus deveres são:

1. Auxiliar os conselheiros e responsabilizar-se pela unidade quando for requerido.

2. Carregar e manusear o estandarte da unidade com maneiras apropriadas.

3. Verificar que o estandarte da unidade seja colocada corretamente em frente da unidade durante todo o acampamento.

4. Carregar a bandeira nacional ou dos desbravadores durante a cerimônia das bandeiras quando for solicitado.

5. Relatar a presença da unidade quando for solicitado.

6. Treinar a unidade e marchar quando for designado pelo conselheiro.

voltar ao topo

Secretário da unidade
O secretário de unidade é um membro escolhido pela unidade para preencher uma variedade de deveres especiais. O seu turno de serviço varia de 3 meses para 1 ano de rotação, dependendo da praxe adotada pela comissão docente. Durante todas as atividades do clube o secretário usa um distintivo indicando sua posição.

Seus deveres são:

1. Substituir os deveres do capitão quando ausente.

2. Verificar o retorno do todo equipamento da unidade após um acampamento, (trabalhar com o capitão, conselheiro, diretor associado e diretor da unidade). Anotar quando a necessidade de conserto.

3. Servir como mensageiro entre sua unidade e o diretor quando requisitado, pelo conselheiro.

4. Dar um formulário de justificativa a qualquer desbravador em sua unidade que estiver ausente, verificar os ausentes na próxima reunião para ver se a justificativa foi recebida e corrigir os apontamentos como é instruído.

5. Guardar todos o registros da unidade e a convite do secretário do clube ajudar a preencher o relatório mensal para a Associação.

voltar ao topo

Diretor administrativo
(Somente quando as igrejas desejarem para coordenar as atividades de mais de um clube). Ex. Aventureiros (7-9 anos). Desbravadores Juvenis (10-12 anos), Desbravadores Adolescentes (13-15 anos) e Clube de Líderes (16 anos para cima).

1. O diretor administrativo é a ligação entre os diretores dos diversos clubes da juventude da igreja.

2. O diretor administrativo deve ser membro da Comissão da Igreja representando os Clubes.

3. Quando os diversos clubes se reúnem, o diretor administrativo pode dirigir as atividades. Nesta ocasião os diretores de clube agem como seu associado.

4. O conselho do diretor administrativo deve ser procurado pelos diretores dos clubes. Eles e seus clubes se beneficiarão da sua boa e rápida assistência.

5. O diretor administrativo é um oficial executivo e conselheiro para todos os clubes e deveria ser reconhecido e dar o devido respeito a todos os diretores de clubes.

6. O diretor administrativo não deveria pensar que, devido a sua posição, tem o direito de tirar um programa das mãos dos diretores dos clubes. Ele deve estar pronto para ajudar em qualquer necessidade, evento ou em casos de emergência.

7. Será de responsabilidade do diretor administrativo ajudar a recrutar novos e adicionais membros do corpo docente para os clubes em conselhos com diretores.

8. O diretor administrativo deverá assistir as reuniões dos clubes tantas quantas forem possíveis. O seu interesse e presença fortalecerá o clube.

9. Praxes e recomendações da Associação são transmitidas por intermédio do diretor administrativo para os diretores dos diversos clubes que por sua vez passam para o grupo. É importante que o diretor administrativo passe todas as informações recebidas imediatamente.

10. O diretor administrativo conduz a reunião regular da Comissão de Coordenação dos desbravadores com todos os diretores (diretores, diretores associados dos clubes), para:

a) Dar um estudo no programa de atividades de cada clube. Considera os melhoramentos e ajustes necessários. Coordena os programas para não haver sobreposição dos programas dos clubes.

b) Edificar um relacionamento agradável entre os dois clubes no desempenhar de suas atividades.

c) Planejar um programa de treinamento para a diretoria de cada clube. O diretor administrativo deverá planejar e trabalhar com cooperação com cada diretor a fim de preparar os seus oficiais providenciando, regularmente, programas de treinamento. (Um programa de treinamento para os oficiais pode ser obtido no Departamento de Jovens da Associação)

11. Ele deve coordenar todos os eventos dos clubes como: Investiduras, Dia do Desbravador, Acampamentos, Feiras, etc.

voltar ao topo

Regiões dos Desbravadores • Coordenador de região
Associações e Missões devem-se dividir em áreas geográficas de desbravadores com os coordenadores regionais. As seguintes qualificações, procedimentos e deveres são para guiar na seleção de uma pessoa para preencher estes cargos e também para servir como uma orientação para as pessoas escolhidas. O coordenador deverá ser aprovado pela Comissão da Associação para ele ou ela ter autoridade.

I. Qualificações para um coordenador de Desbravadores

a. Ser um líder.

b. Ter pelo menos 5 anos de experiência na liderança dos desbravadores, incluindo 3 anos de responsabilidades administrativas.

c. Viver na área de desbravadores em que ele ou ela está servindo.

d. Não ocupar nenhum cargo no clube dos desbravadores local.

e. Qualquer exceção das qualificações acima deve ser aprovada pelos diretores de clubes dos desbravadores na área envolvida. (e mais o líder dos jovens da Missão ou Associação)

II. Eleição do coordenador regional dos Desbravadores

a. O termo do cargo será de 2 anos, contudo, o coordenador de desbravadores poderá ser reeleito.

b. Nomeações para a responsabilidade de Coordenador Regional podem vir dos clubes locais se sua comissão de nomeações é constituída dos membros oficiais do clube local mais o diretor do clube agindo como presidente e representativo da Comissão de seu clube.

Toda nomeação deverá ser apresentada pelo diretor do clube do departamento de jovens da Associação ou Missão dentro de 30 dias antes de eleição.

c. As comissões eletivas são formadas pelos diretores dos clubes da região e do diretor de jovens da Associação ou Missão, seu associado ou representante, que reunirão e elegerão o coordenador da região.

d. O nome do coordenador da área-distrital dos desbravadores eleito, será submetido a Comissão da Associação ou Missão para ser aprovado.

e. O novo coordenador de área distrital eleito assumirá suas responsabilidades imediatamente após a aprovação da Comissão da Associação ou Missão.

III. Deveres do coordenador de área distrital dos Desbravadores

A. Deveres Básicos Requeridos:

A comissão da Associação ou Missão autoriza ao coordenador dos desbravadores a servir nas seguintes funções:

1. Estar disponível a dar assistência ao pastor local ou na liderança do clube em promover e manter as praxes e programas locais, da União ou Associação Geral dos Desbravadores.

2. Visitar cada clube na sua área freqüentemente para se familiarizar com seu programa.

3. Freqüentar as reuniões dos coordenadores regionais dos desbravadores para planejar todo o programa e funções, juntamente com a Associação. Estas reuniões deveriam realizar-se pelo menos trimestralmente.

4. Dar assistência ao diretor de jovens da Associação ou Missão nos acampamentos, feiras, cursos de treinamentos e outras funções dos desbravadores em nível de campo.

B. Outras Funções Requeridas Pelos Clubes Locais ou Pastores:

1. Ajudar os clubes locais com suas atividades como Programa do Dia dos Desbravadores, Investiduras, Induções e Inspeções.

2. Encorajar as igrejas que não tem o clube dos desbravadores e ajudá-las a começá-los.

3. Promover e dirigir áreas de atividades como excursões de acampamentos, eventos, atléticos, cursos de liderança e reuniões de líderes.

C. Sugestões Opcionais:

1. Promover participação em atividades comunitárias, tais como: paradas e feiras.

2. Promover e dirigir projetos missionários na área.

3. Publicar um boletim dentro da área.

4. Qualquer outra atividade desejada pelos seus diretores de clubes locais em determinada área.

IV. Diretor dos Desbravadores para os coordenadores regionais

A. O diretor dos jovens ou seu associado da Associação ou Missão deverá ser o diretor que coordena as reuniões dos regionais dos desbravadores.

B. Um diretor associado como coordenador deve ser apontado entre os coordenadores dos desbravadores no caso que a Associação não nomeie um pessoal para o cargo dentro de seu planejamento departamental.

V. Deveres do diretor associado

A. Na ausência do diretor, o diretor associado deve presidir as reuniões dos coordenadores e apresentar um relatório das decisões alcançadas nas reuniões ao diretor.

B. Numa emergência e na ausência do diretor ele tem a responsabilidade de organizar os coordenadores para assegurar a continuidade operacional do programa dos desbravadores.

voltar ao topo

Membros da comissão

1. Comissão Coordenadora

(Onde há clubes dos juniors e juvenis separadamente sob a liderança de um diretor administrativo).

Diretor Administrativo (Presidente)
Diretores de Clubes
Diretores Assistentes
Coordenadores da Associação (ex-ofício)

2. Comissão Executiva dos Desbravadores

Diretor do Clube (Presidente)
Diretores Assistentes
Secretário (a)
Tesoureiro
Capelão
Líder dos JA
Diretor da Escola Paroquial
Pastor (ex-ofício)
Ancião Conselheiro dos Jovens (ex-ofício)
Diretor Administrativo (ex-ofício)
Coordenador da Associação (ex-ofício)

3. Comissão Diretiva dos Desbravadores

Membros da comissão executiva dos desbravadores mais,
Conselheiros
Conselheiros Associados
Professores
Instrutores
Capitães de Unidade podem ser convidados

voltar ao topo

Membros

Requerimentos Para Ser Membro do Clube:

1. Para ser considerado membro do clube dos desbravadores o aspirante deve estar com dez anos de idade e não mais de 15. Onde existir mais de uma ocupação será dividida em:

7 a 9 anos - Aventureiros
10 a 15 anos - Desbravadores
16 anos ou mais - Clube de Líderes

2. Os formulários de solicitação como membro são disponíveis pelo diretor ou secretário do clube, que devem ser preenchidos e enviados pela comissão executiva do clube para consideração e aceitação como membro.

3. Um passaporte dos desbravadores está disponível sob solicitação da diretoria ou secretaria do clube.

4. Todos os membros devem pagar uma taxa de membro e seguro como é requerida pela comissão executiva do clube.

5. Todos os integrantes devem possuir e usar o uniforme completo dos desbravadores e uniforme de atividade se for o caso. Os desbravadores devem vir para suas reuniões conforme a orientação do diretor do clube.

6. Os seus membros devem ser fiéis na assistência. Muitos clubes estabelecem um limite de ausência e tardança e os desbravadores que não cumprem com as regulamentações podem ser colocados em suspensão ou mesmo cancelar a filiação do clube.

7. Os desbravadores devem aprender e decorar o voto e a Lei.

8. As atividades do clube incluem atividades manuais, excursões, reuniões e classes regulares do clube, levantamento de fundos, acampamentos, especialidades e outras atividades. O desbravador deve concordar, antes de entrar no clube, de participar e cooperar nestas atividades.

9. Os pais dos desbravadores devem ter boa vontade em cooperar com os regulamentos a atividades do clube. Às vezes são convidados a contribuírem com dinheiro e tempo para a manutenção do clube.

10. Todos os diretores e oficiais eleitos são membros do clube pela virtude do cargo que ocupa.

voltar ao topo

“MANUAL DOS DESBRAVADORES”, Vol. 1, Administração do Clube, Casa Publicadora Brasileira
     
   
 
 
   
©2006 • Clube de Desbravadores Jaguar • Novo Gama - GO
Todos os direitos reservados - Desenvolvido por Magnus H.F.Costa

Companheiro e Companheiro de Excursionista Amigo e Amigo da Natureza Pioneiro e Pioneiro de Novas Fronteiras Pesquisador e Pesquisador de Campo e Bosque Guia e Guia de Exploração Excursionista e Excursionista na Mata